quinta-feira, 11 de abril de 2013

Reflexão

A paróquia e sua missão

A 51ª Assembléia Geral dos Bispos do Brasil, que está sendo realizada em Aparecida (SP), tem como tema princiapal de estudo "a renovação das paróquias". As paróquias são muito importantes na configuração da Igreja. Necessita, portanto, de renovação permanente e de uma pastoral dinâmica para que possa evangelizar no tempo atual. Em meu livro Discípulos e missionários na paróquia, publicado pela Editora Paulus em 2010, há algumas reflexões a respeito da paróquia. Eis um trecho de uma delas:

O “Povo de Deus está nas paróquias, que são constituídas de pequenas ou grandes comunidades, onde a vivência e a atuação do cristão se fazem visíveis. A paróquia é um importante segmento do Povo de Deus. Nela o cristão vive e, com seus irmãos de fé, torna-se discípulo, aprende as verdades cristãs, vive a comunhão fraterna e enriquece sua comunidade pela missão evangelizadora que assume. É o que afirma o documento de Aparecida, fundamentado em ensinamentos anteriores da Igreja: 'Entre as comunidades eclesiais, nas quais vivem e se formam os discípulos e missionários de Jesus Cristo, sobressaem as paróquias. São células vivas da Igreja e o lugar privilegiado no qual a maioria dos fiéis tem uma experiência concreta de Cristo e a comunhão eclesial. São chamadas a ser casas e escolas de comunhão.'

É desejo da Igreja que nas paróquias se realize a iniciação cristã, a educação e celebração da fé, abertas aos diversos carismas, serviços e ministérios, organizados de modo comunitário e responsável, de forma que integrem os movimentos de apostolado já existentes e estejam atentos à diversidade cultural de seus habitantes e abertos aos projetos pastorais e suprapastorais que se relacionam com a vida paroquial.

Afirmam também os bispos participantes da Conferência de Aparecida: 'Todos os membros da comunidade paroquial são responsáveis pela evangelização dos homens e mulheres em cada ambiente.” É na paróquia, portanto, que a experiência do encontro com Jesus Cristo e com os irmãos de caminhada acontece. Nela, homens e mulheres, pelo sacramento do Batismo, tornam-se membros do Povo de Deus, recebem os diferentes sacramentos e são evangelizados. Nela também são chamados a participar da grande missão da Igreja – evangelizar'” (p. 11-12).

                                                                                                      Luiz Gonzaga da Rosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário